Buscar

5 Diferenças entre os Profissionais Comuns e os Extraordinários


Olá! Rodynele Mota, por aqui, para compartilhar com você algumas dicas preciosas, com foco em te ajudar a ser um Profissional Extraordinário.


Mas antes, deixa eu te perguntar: Você quer realmente ser EXTRAORDINÁRIO?


Deixa eu te dizer: De profissionais comuns as empresas estão cheias… SEJA EXTRAORDINÁRIO!


As empresas já não querem mais contratar profissionais comuns, elas buscam a todo instante por profissionais “diferenciados”.



E essa regra vale tanto para você que já trabalha, quanto para você que está em busca de uma oportunidade de emprego.


Ainda não trabalha?


Então, pense em qual dos dois profissionais você quer ser quando estiver dentro de uma empresa.


Já trabalha?


Pense em como sua vida pode mudar para melhor se você se tornar um funcionário de destaque na empresa e ganhar uma promoção atrás da outra…


Pensou?


Para você construir uma carreira profissional de sucesso, não basta ter um ótimo currículo e muita experiência.


É necessário desenvolver uma competência essencial que todas as pessoas bem-sucedidas têm:


FOCAR TODOS OS DIAS PARA ALCANÇAR OS OBJETIVOS E SONHOS DESEJADOS, ASSUMINDO A RESPONSABILIDADE SOBRE TODAS AS CONSEQUÊNCIAS.

A verdade é que existem grandes diferenças entre profissionais comuns e profissionais Extraordinários.


Você já parou para pensar que diferenças são essas?

Tem várias, mas por enquanto vamos focar em apenas 5, para que você comece a entender qual o caminho seguir para se tornar um profissional EXTRAORDINÁRIO:

Diferença 01 - PROFISSIONAIS EXTRAORDINÁRIOS ESTÃO SEMPRE APRENDENDO


Saber que o conhecimento é um trunfo muito forte usado pelos melhores profissionais é o primeiro diferencial.


O profissional moderno tem sede de aprender, independentemente de quem vai arcar com os custos da qualificação.

Profissionais que investem em si e fazem cursos e especializações por conta própria, sem esperar pela empresa, além de outras vantagens, demonstram interesse e comprometimento com a própria carreira.


A aprendizagem contínua é uma das competências fundamentais para o sucesso de qualquer profissional.

JÁ OS PROFISSIONAIS COMUNS ACREDITAM QUE JÁ SABEM TUDO, OU QUE A OBRIGAÇÃO DE INVESTIMENTO É TODA DA EMPRESA


Ficam “empurrando com a barriga” e quando alcançam algum êxito na carreira, a tendência do indivíduo é se acomodar.


O cérebro dele prefere acreditar que já sabe todas as coisas, e a pessoa pensa que não precisa mais se esforçar e se mantém na zona de conforto.


O que todo profissional deveria entender é que vivemos na era da comunicação e da tecnologia, e as mudanças acontecem a todo tempo em uma velocidade muito rápida.


Quem acha que sabe tudo e não se atualiza, rapidamente, transforma-se em um profissional obsoleto e é descartado pelo mercado.


Muitas vezes, o indivíduo só irá perceber sua estagnação lá na frente e se arrependerá ou culpará os chefes, os colegas e o mundo por seu fracasso na carreira.


E tem alguns que ainda sentem que precisam de mais conhecimento, mas esbarram na crença limitante de que a empresa é que tem 100% de responsabilidade de investir na carreira dele.


CUIDADO: Esse erro pode ser fatal e não ter volta.

Dica:

Os ignorantes, que acham que sabem tudo, privam-se de um dos maiores prazeres da vida: aprender. (Provérbio popular)

Diferença 02 - PROFISSIONAIS EXTRAORDINÁRIOS ASSUMEM QUANDO ERRAM


A pessoa que admite quando falha assume a responsabilidade de aprender com o erro para resolver a situação.


Ela não vê a falha cometida como fracasso, mas como oportunidade de crescimento.


Ter a capacidade de solucionar problemas muito difíceis faz com que o profissional assuma riscos cada vez maiores.


Indivíduos com essas características se desenvolvem muito e aumentam o valor agregado ao serviço que entregam.

PROFISSIONAIS COMUNS CULPAM OS OUTROS


Pessoas que atribuem a culpa ao outro não têm consciência de que os próprios comportamentos e atitudes são os causadores do problema.


Estes profissionais não sabem lidar com obstáculos, e não se responsabilizam por nada nem ninguém.


Pelo fato de não saberem lidar com obstáculos, geralmente este tipo de profissional nunca é criativo e nem proativo, dependendo sempre de outros para resolver seus problemas.


O seu sucesso está nas mãos de fatores externos, como um “ambiente de trabalho ideal” ou “chefe perfeito”.

Dica:

Assuma os seus erros da mesma forma que você exibe as suas qualidades.

Diferença 03 - PROFISSIONAIS EXTRAORDINÁRIOS SABEM PERDOAR


Perdoar não significa esquecer, mas dar um novo significado a acontecimentos que trazem emoções negativas, as quais minam a produtividade e o bem-estar corporativo.


O profissional que consegue fazer isso desenvolve inteligência emocional, tornando-se mais flexível e fortalecendo os relacionamentos.


Além disso, ele não tem tempo a perder com “picuinhas” do dia a dia, e foca sempre no crescimento e nos resultados.


Para o profissional EXTRAORDINÁRIO o sucesso de um projeto é mais importante do que resolver pequenas questões pessoais geradas por desentendimentos simples e que podem ser tratados em outro momento.

PROFISSIONAIS COMUNS GUARDAM RANCOR


Pensamentos negativos liberam medos, e o profissional amedrontado funciona no “modo reação”.